Telegram dispara mensagem a usuários criticando PL das Fake News

Compartilhe...

O Telegram disparou uma mensagem, no início da tarde desta terça-feira (09), a usuários da plataforma criticando o projeto de lei 2.630, que ficou conhecido como PL das Fake News.

A mensagem diz que, se aprovada, a lei vai “acabar com a liberdade de expressão”.

O Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) criticou a conduta do Telegram. “Clara tentativa de interferir no debate democrático e evidente demonstração de abuso de poder”, escreveu ele no Twitter.

O que é o PL das Fake News?

Um dos principais objetivos é responsabilizar as plataformas pela circulação de conteúdos criminosos —como racismo, atos de terrorismo, crimes contra crianças e adolescentes e violência contra a mulher.

Atualmente, o Marco Civil da Internet diz que as plataformas não são responsáveis pela conduta de terceiros, e só são obrigadas a excluir algo caso haja decisão judicial.

“As plataformas vêm se mostrando um lugar muito fértil para discurso de ódio, difusão de mentiras e ameaça a grupos. Pelos relatos recentes da tentativa de golpe em oito de janeiro que toda movimentação foi feita por meio dessas plataformas, assim como ataques em escolas”, disse a advogada Silvia Piva, membro do ISOC (Internet Society Capítulo Brasil), organização que atua em defesa da neutralidade da rede, a Ecoa.

Fonte: Uol

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *