SJB: sessão da câmara é marcada por solicitações de obras

Compartilhe...

A maior parte das proposições aprovadas na sessão desta terça-feira (28), pela Câmara de São João da Barra, foi voltada para obras e reformas em vários pontos do município. Uma delas foi a reforma da ciclovia entre a sede e o distrito de Atafona, feita pelo vereador Carlos Machado da Silva (Kaká). Já o edil Franquis Arêas solicitou a construção de quadras poliesportivas em todas as escolas da rede municipal. Chico da Quixaba pediu uma reforma geral na praça de Quixaba. Junior Monteiro pleiteou a reforma do abrigo de passageiros existente na BR-356, esquina com Rua Manoel Alves Sobrinho, em Cajueiro (incluindo a construção de um banheiro público).

O presidente da Casa, Alan de Grussaí, solicitou que seja feito um projeto para obra, reforma e revitalização da Rua Senhor dos Passos, na sede. Sonia Pereira pediu a reforma da capela mortuária da sede e do Açu (com instalação de ar condicionado) e a construção de abrigo de passageiros próximo à Igreja de Santa Rita, em Chapéu do Sol. Julinho Peixoto solicitou o asfaltamento da Estrada do Meio, iniciando em frente à Escola Luiz Delio de Mendonça até Campo de Areia, no 5º Distrito.

O plenário também aprovou indicação de Alan, sugerindo a implantação de um letreiro (portal) nas proximidades da praça de Cajueiro, com a inscrição ?Eu amo Cajueiro?, a exemplo do que há na Praça de São João Batista, na sede. Junior pleiteou, por meio de indicação, a colocação de guardas municipais no início da Estrada do Galinheiro, no perímetro urbano, na localidade de Cajueiro, para que dê apoio na entrada e saída dos alunos da escola municipal ali existente. Franquis requereu a instalação de quebra-molas ou tachões, com sinalização e pintura das faixas horizontais, em todas as estradas do 5º Distrito.

Por meio de requerimento, Chico da Quixaba pediu ao Executivo que busque uma solução para resolver o problema do fornecimento de água potável em Campo de Areia. Elisio Rodrigues fez duas indicações ao Executivo. Na primeira, sugeriu a elaboração de um projeto de lei visando à criação do Fundo Soberano do Município, para que seja depositado parte dos royalties recebidos. Na segunda, pleiteou serviços de reforma ou reparo nos prédios culturais existentes no município: Centro Cultural Narcisa Amália, Palácio Cultural, Estação das Artes Derly Machado, Casa de Câmara e Cadeia, entre outros.

Por fim, a Casa aprovou alguns projetos de lei. Dentre eles, dois de autoria do Legislativo: Um de Júnior Monteiro, que denomina de Manoel Rodrigues Salvador, a Rua 12, que se inicia na Rua Manoel Francisco de Almeida com seu término na Avenida Beira Mar, no Açu; outro da vereadora Sônia, que denomina de Landa Maria Mendonça, a Unidade de Saúde do Açu. Também foi aprovado o PL 002/2023, do Executivo, que visa conceder incentivo aos servidores públicos municipais efetivos ativos, inativos e pensionistas para o financiamento e aquisição de sistema de energia solar fotovoltaica.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *