Reabertura do Museu Casa Quissamã após Restauração Completa realizada pela Prefeitura

Compartilhe...

Na última sexta-feira passada (24), a Prefeitura de Quissamã, por meio das secretarias de Cultura, Patrimônio Histórico e Lazer e de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo, concluiu um novo projeto para preservar a memória e a história da comunidade de Quissamã. Às 19h, foi oficialmente reaberto o Museu Casa Quissamã, após uma restauração completa. O evento contou com apresentações da Banda União Quissamaense, da Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino e visitas guiadas.

Um investimento superior a R$ 600 mil foi dedicado a essa iniciativa. O trabalho envolveu a reforma total do telhado, substituição do forro com a instalação de uma manta, pintura interna e externa com emassamento, renovação das esquadrias, aprimoramento das instalações hidrossanitárias, restauração das grades no entorno do museu e da área externa, revisão completa do sistema elétrico e a reforma geral de dois banheiros externos, incluindo a instalação de piso, louças, pintura e fiação elétrica.

“Ao investirmos na preservação da cultura do nosso município, estamos proporcionando mais um serviço essencial para a manutenção do nosso patrimônio histórico. O Museu Casa Quissamã é um equipamento vital que atrai muitos turistas, os quais certamente ficarão ainda mais satisfeitos com essa reforma”, enfatizou a prefeita Fátima Pacheco.

Construída em 1826, a “Casa Rosa”, como é conhecida, é um dos principais locais culturais e turísticos da cidade, tendo sido residência do primeiro Visconde de Araruama e de seu filho, o Visconde de Quissamã. Em seus primórdios, a então Fazenda Quissamã hospedou o Imperador D. Pedro II, a Princesa Isabel e o Duque de Caxias. Seu jardim abriga um dos raros baobás existentes no Brasil, sendo apenas três deles encontrados no Rio de Janeiro: no Jardim Botânico da capital, na Ilha de Paquetá e em Quissamã.

“Estou extremamente satisfeita em inaugurar a restauração do Museu Casa Quissamã, que passou por intervenções significativas tanto na área interna quanto externa. Esta obra representa mais um compromisso que assumimos para manter nossos espaços culturais bem conservados, contribuindo diretamente para promover o turismo”, comentou a secretária de Cultura, Patrimônio Histórico e Lazer, Kitiely Freitas.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *