Qual é o melhor momento para praticar exercícios físicos: de manhã ou à tarde?

Compartilhe...

A atualidade do nosso estilo de vida resultou na eliminação de atividades físicas comuns, como o trabalho no campo realizado por nossos avós. Infelizmente, essas atividades foram substituídas por hábitos sedentários, como passar longos períodos assistindo televisão confortavelmente no sofá.

Este cenário desencadeou um problema alarmante na Espanha: nos últimos 30 anos, houve um aumento significativo na incidência de doenças como diabetes e colesterol, conforme revelado pelos dados da Encuesta Europea de Salud 2020.

Essa tendência preocupante nos instiga a repensar nossos estilos de vida e buscar soluções para aprimorar nosso bem-estar. Uma das soluções, acessível a todos, é simples e eficaz: a prática de exercícios físicos.

Atualmente, o exercício é reconhecido como uma forma de tratamento, capaz de promover melhorias em uma ampla gama de condições, incluindo diabetes, doenças cardiovasculares e câncer. No entanto, nem todos possuem a mesma disposição ao longo do dia.

Enquanto alguns apresentam maior energia de manhã, sentindo-se mais propensos a se exercitar nas primeiras horas do dia, outros preferem aproveitar a tarde ou a noite para se dedicarem às suas rotinas de exercícios.

Isso levanta a seguinte questão natural: o exercício realizado de manhã é tão benéfico quanto o feito à tarde? Esse questionamento tornou-se um tema de grande interesse na comunidade científica.

Exercício à tarde para controlar o açúcar e melhorar a saúde cardiovascular

Nos últimos anos, diversas evidências científicas têm comparado os efeitos do exercício realizado de manhã versus o realizado à tarde. Uma metanálise recente analisou o efeito combinado de 9 estudos envolvendo um total de 450 pessoas. Os resultados indicam que o exercício feito à tarde é mais benéfico para a saúde cardiovascular.

Essa conclusão baseia-se na significativa redução dos níveis de triglicérides no sangue após o exercício vespertino. Além disso, a prática de atividade física nesse período é a melhor opção para reduzir a pressão arterial em indivíduos com hipertensão.

Adicionalmente, para pessoas com diabetes tipo 2, o exercício realizado à tarde demonstrou ser mais eficaz no controle dos níveis de açúcar no sangue.

É fundamental ressaltar que essa linha de estudos é recente e que o exercício é sempre benéfico, independentemente do momento em que é praticado.

Para quem não possui flexibilidade de horário para escolher quando se exercitar, continuar com a prática matinal traz benefícios adicionais, como melhora na capacidade de atenção, memória e tomada de decisões.

Dicas para escolher o melhor horário para treinar

Algumas pesquisas sugerem que o exercício à tarde pode ter um efeito um pouco mais acentuado na perda de peso. Isso se deve ao fato de que a atividade física no final do dia parece diminuir o apetite.

No entanto, é crucial compreender que o exercício por si só não é a estratégia mais eficaz para a perda de peso. Portanto, se o objetivo principal é emagrecer, o exercício deve ser acompanhado por um plano nutricional, independentemente do momento em que é praticado.

Ao exercitar-se à tarde, a escolha do tipo de exercício é relevante. É aconselhável evitar atividades vigorosas e treinamento intenso nas horas próximas ao sono, pois isso poderia impactar a qualidade e a duração do mesmo.

Para garantir um sono reparador, é recomendável haver um intervalo de pelo menos duas horas entre o exercício e a hora de dormir. Isso contribui para um descanso noturno mais eficaz e saudável, algo crucial para pessoas que enfrentam problemas de sono.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *