Proposta de Cláudio Castro à Alerj assegura abono Fundeb para profissionais da educação

Compartilhe...

O governador Cláudio Castro apresentou a Alerj uma produto que afetará mais de 60 mil professores e servidores da Secretaria de Estado de Educação. Um bônus especial, proveniente do Fundeb, será concedido a docentes ativos, profissionais de apoio e administrativos, como reconhecimento pela sua dedicação ao aprimoramento do ensino público estadual.

O anúncio dessa gratificação especial foi feito pelo governador em um gesto de valorização desses profissionais, destacando o compromisso do governo estadual com a Educação. A proposta para o pagamento desse bônus foi encaminhada à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) por Cláudio Castro.

“Encerramos 2023 com um superávit no Fundeb, o que nos permite reforçar, mais uma vez, o compromisso de valorizar nossos profissionais da Educação, fundamentais para um ensino digno e de qualidade”, afirmou o governador.

Esse pagamento é parte dos esforços contínuos do governo para valorizar os profissionais da Educação, como garantir que nenhum professor receba menos que o piso nacional e o reajuste na remuneração de 36 mil professores ativos, aposentados e pensionistas, conforme estabelecido pelo piso nacional de R$ 4.420 para uma jornada de 40 horas semanais.

Roberta Barreto, secretária de Educação, reforçou o comprometimento com a educação e a gratidão aos professores pelo papel fundamental que desempenham na formação das futuras gerações.

Até o momento, o governo destinou mais de R$ 1 bilhão em benefícios para os profissionais da educação, com previsão de mais R$ 900 milhões em 2024, além de conceder 20% de recomposição a todos os servidores nos últimos dois anos. Fonte: Ascon

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *