Projeto de Educação Antirracista é implantado, em SJB

Compartilhe...

O projeto Educação Antirracista, da Prefeitura de São João da Barra, que será desenvolvido em todas as escolas da rede municipal de ensino, foi lançado oficialmente na sexta-feira (12), no Centro Municipal de Educação Avançada II, em Grussaí. Desde 2020 funcionava o projeto piloto. O objetivo é implementar práticas pedagógicas em favor de uma educação com proposta aos alunos de reflexão sobre racismo como fato real e a ser combatido.

“Numa educação antirracista busca-se a ampliação de referenciais negros e combate ao apagamento histórico desses atores. Para isso se faz necessário que a escola seja um espaço de reflexão e debate, de pesquisa e de produção de material que fomente o respeito, equidade, igualdade e a justiça”, explicou o subsecretário de Educação, Cláudio Andrade.

O projeto está sendo desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação e neste primeiro momento foi abordado o tema “A Abolição nossa de cada dia”, em alusão à semana que marca os 135 anos da abolição. O evento de lançamento reuniu alunos, profissionais que atuam na escola e contou com a participação das secretarias municipais de Cultura e de Assistência Social e Direitos Humanos, através da Coordenação de Promoção da Igualdade Racial.

Entre as atividades aconteceram palestras “Escravidão no território, interface com São João da Barra e resistência no quilombo de Carucango”, ministrada pelo gerente de Patrimônio e Memória da Secretaria Municipal de Cultura, André Pinto, “Racismo no presente, resgate da identidade e armadilhas ideológicas”, ministrada pelo subsecretário municipal de Educação, Cláudio Andrade, e “Relato pessoal: eu descobri que era negra”, com a professora de Geografia Kariny Barreto.

Houve ainda explanação sobre as políticas públicas de Assistência Social, com a coordenadora municipal de projetos, Michele Bastos , apresentação de capoeira, maculelê e jongo, com Rayane Luz, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, e a dinâmica intutulada “Um dia após a abolição”, com a coordenadora de História, Sayonara Freixas.

“O município aderiu ao Pacto de Combate ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial, fazendo parte das cidades antirracistas compostas por cerca de 24 municípios do estado e agora dá mais esse importante passo no enfrentamento das desigualdades étnico-raciais”, finalizou a coordenadora municipal de Promoção da Igualdade Racial, Cristiane Monteiro.

Aguas do Paraiba - Pague com PIX 800x250

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *