Prefeitura de SFI desapropria área esportiva da AmpraJope; local atua com projeto Craque Cidadão

Compartilhe...

A prefeitura de São Francisco de Itabapoana decretou a desapropriação da área onde funciona a Escolinha de Futebol do projeto Craque Cidadão, realizado pela Associação de Moradores de Praça João Pessoa (AmpraJope). Segundo decreto, assinado pela Prefeita Francimara, a desapropriação é urgente e visa expandir o Parque de Exposições Raul Henrique Lemos. 

Sede da AmpraJope, em Praça João Pessoa

Procurado pela equipe de reportagem Mais Que Uma Voz, o presidente da AmpraJope, Marcos Lemos Duarte, disse que não foi comunicado e soube apenas pelo Diário Oficial (DO). “O sentimento é de tristeza, tendo em vista que em nenhum momento a Associação de Moradores foi comunicada, apenas tomamos conhecimento pelo DO do município. Decreto esse que entendemos ser descabível pois fala que o espaço ‘servirá para ampliar o Parque de Exposições de Praça João Pessoa’, local onde é utilizado somente 4 dias no ano, durante a Expoagro. A Amprajope utiliza o espaço há mais de 37 anos e atualmente o espaço é cedido para atender mais de 120 crianças do Projeto Craque Cidadão, 2 vezes por semana. Reitero ainda que se fosse desapropriado para a construção de um posto médico, creche, escola ou até mesmo um projeto esportivo com reestruturação do campo, seríamos os primeiros a apoiar, agora para somente ampliar o parque de exposições, somos contrário ao decreto e vamos recorrer aos meios judiciais para defender o interesse da população, sobretudo a localidade de Praça João Pessoa e vizinhança”, explicou o presidente.

Foto: AmpraJope – Campo de futebol é utilizado para a prática esportiva com crianças e adolescentes

Segundo decreto, publicado em 6 de junho de 2023, a prefeita de SFI, Francimara, alega que “as circunstâncias impõem a necessidade de ampliar a área do Parque de Exposições para o seu melhor aproveitamento”.

Fundado em 1985, a Associação atua com serviços diversos em prol da comunidade local. A nota enviada pela AmpraJope ressalta ainda a falta de participação da prefeitura em incentivos, “já que não há nenhuma ação esportiva por parte da municipalidade na comunidade – na formação do caráter e cidadania de nossas crianças e jovens”. 

Ainda de acordo com a Associação, o local seria para utilização apenas uma vez ao ano, quando acontece o festejo da Exposição Agropecuária, tirando da comunidade um espaço consolidado e aproveitado, no mínimo, duas vezes por semana, quando ocorrem as aulas de futebol.


Sobre as questões legais, a AmpraJope informou que buscará via judicial reverter esta decisão arbitrária e acima de tudo antissocial da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana.

Por: Tatiana Rangel

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *