Paixão de Cristo será encenada nesta sexta-feira no Teatro Municipal Trianon

Compartilhe...

A encenação da Paixão de Cristo 2023, intitulada “Meu Senhor e Meu Deus”, do Grupo de Teatro Sacro Dom Carlos Alberto Navarro, será apresentada, no Teatro Municipal Trianon, nesta sexta-feira (07), às 20h30, com entrada franca. Os convites – com o limite de três bilhetes por espectador – estarão disponíveis (AQUI) e na bilheteria do teatro, a partir desta terça-feira (4), das 10h às 17h. O espectador que desejar, poderá doar, na entrada do foyer do teatro, 1 kg de alimento não-perecível. O evento tem a realização da Prefeitura de Campos por meio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL).

No palco, Pedro Carneiro viverá Jesus, junto de Dorinha Martins, que dará vida a Maria. Pedro Fagundes viverá Caifás, acompanhado de Rodri Mendes (Herodes) e Wilson Heindelfeder (Pilatos). A peça terá direção Rodri Mendes, assistência de direção de Rossini Reis, texto de Dorinha Martins, coordenação de elenco de Duda Oliver e direção musical de Onício Alves.

Segundo a produção do espetáculo, a peça mostrará que a fé, além da dimensão pessoal, possui, também, uma insubstituível dimensão comunitária, pois é transmitida, de geração em geração, nos tornando, progressivamente, discípulos e discípulas de Jesus Cristo, animados e fortalecidos pelo testemunho de outros irmãos de fé que abraçaram a missão de evangelizar e levar a palavra a todos, sejam eles pastores, padres, comunidade, escolas, pessoas que fizeram da humanidade de Cristo a sua missão.

A Última Ceia, a Agonia no Monte das Oliveiras, a traição de Judas e a prisão de Cristo, formarão uma sequência de cenas em que as palavras mostram que a fé deve ser a fortaleza de todos, diante das tribulações, provando que, quem Crê, será salvo. Em alguns momentos da peça, os atores do Grupo de Teatro Sacro Dom Carlos Alberto Navarro dividirão o palco com o Coral do Ministério Blessed, cantando. O Núcleo de Dança do Ventre Eluana Souza, também fará uma participação especial na Via Sacra.

“Trata-se de uma tradição do calendário cultural do município, que chega aos 41 anos mantendo viva a beleza da encenação da história que mudou a humanidade. Venham se emocionar e refletir, valorizando os talentos de nossa terra”, convida a presidente da FCJOL, Auxiliadora Freitas.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *