O edital para o primeiro concurso público unificado divulgado

Compartilhe...

Ontem, quarta-feira (10), o governo federal lançou o edital do inovador Concurso Público Nacional Unificado, denominado “Enem concursos”, que introduz uma abordagem inédita ao realizar provas simultâneas em 220 cidades em todo o Brasil. As inscrições estão programadas para o período de 19 de janeiro a 9 de fevereiro, com a prova única agendada para o dia 5 de maio. O governo estima a participação de 2 a 3 milhões de inscritos neste concurso.

Este certame, ao qual 21 órgãos aderiram, priorizará a seleção de candidatos de nível superior. Das 6.640 vagas disponíveis, 5.948 são destinadas a graduados, enquanto 692 são de nível médio, com salários que podem chegar a R$ 23 mil.

Com abrangência em todos os estados e no Distrito Federal, em um único dia, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), liderado por Esther Dweck, busca descentralizar a realização dos concursos, proporcionando oportunidades a candidatos que enfrentam dificuldades em viajar para Brasília ou grandes metrópoles para realizar as provas.

A ministra Esther Dweck destacou a intenção de tornar o serviço público mais representativo do Brasil, buscando ampliar a diversidade regional.

As provas do Concurso Nacional Unificado ocorrerão em dois momentos no mesmo dia: provas objetivas comum a todos os candidatos e provas específicas e dissertativas com base em blocos temáticos. Os candidatos pagarão uma única inscrição e poderão concorrer a várias vagas dentro da área escolhida.

As inscrições terão uma taxa de R$ 60 para nível médio e R$ 90 para nível superior, com isenção para candidatos listados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), assim como para beneficiários do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), Programa Universidade para Todos (ProUni) e aqueles que realizaram transplante de medula óssea.

O concurso contempla cotas de 5% para candidatos com deficiência, 20% para candidatos negros e 75% para ampla concorrência. Adicionalmente, 30% das vagas para a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) serão destinadas a candidatos de origem indígena.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *