Mais de 200 vagas oferecidas por empresa parceira da Secretaria de Qualificação

Compartilhe...

A Secretaria de Qualificação e Emprego, avança na busca de empresas com potencial para disponibilizar oportunidades para empregos. Nesta segunda-feira (14), entre 9h e 17h, a secretaria estará cadastrando profissionais de diversas áreas para empresa do setor offshore que disponibiliza mais de 200 vagas para contratação imediata de pessoas de ambos os sexos após breve processo seletivo.

O secretário de Qualificação e Emprego, Robson Barbosa, informa que os interessados devem ter atenção nos requisitos para cada função. Aqueles que atenderem os quesitos listados devem comparecer munidos de documentos pessoais, comprovante de residência e currículo atualizado. O cadastro é feito no Espaço da Oportunidade da secretaria que funciona nos altos da Rodoviária Roberto Silveira, no Centro da cidade.

“Fechamos parceria com a empresa offshore CIS Brasil que estará disponibilizando vagas para cozinheiros, auxiliares de cozinha, chefes de cozinha, padeiro, ajudante de padeiro, saloneiros, taifeiros, paioleiros e nutricionistas. Vale ressaltar que por se tratar de oportunidades para trabalho offshore (fora da terra), é importante a observância quanto às NRs”, ressalta Robson Barbosa. As NRs são as Normas Regulamentadoras, na forma de disposições complementares ao capítulo V Segurança e da Medicina do Trabalho constante na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

REQUISITOS PARA AS RESPECTIVAS FUNÇÕES COM VAGAS DE EMPREGO

Nutricionista – Pede-se formação profissional em Nutrição com grau de instrução em Nível Superior e com comprovação do registro de classe e com dois anos de experiência em processos operacionais em cozinhas industriais. Desejável experiência em trabalho offshore na função de nutricionista e gestão do risco sanitário com CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataforma, também conhecido como Curso de Salvatagem e em dia com treinamentos relativos à NR-37 em dia.

Chefe de Cozinha – É desejável que os interessados tenham pelo menos o Ensino Fundamental completo e formação profissional de no mínimo 200 horas (teoria e prática) ministrada por qualquer instituição especializada. Um ano atuando na função de chefe de cozinha ou dois anos atuando na função de cozinheiro. É necessário que tenha feito o curso CBSP e treinamento com certificado na validade da NR-37 e T-Huet. Caso a experiência na função de chefe de cozinha for superior a cinco anos, não será exigida a formação profissional.

Cozinheiro – É desejável que os interessados tenha o Ensino Fundamental e formação profissional de no mínimo 200 horas (teoria e prática) ministrada por qualquer instituição especializada. Pede-se um ano atuando na função de cozinheiro ou dois anos atuando na função de ajudante de cozinha e com o CBSP. Caso a experiência na função de cozinheiro for superior a cinco anos e caso não possua formação profissional, será exigida a comprovação da capacitação no período de 12 (doze) meses após o início dos serviços. É necessário estar com treinamento em ralação à NR-37 e T-Huet em dia.

Padeiro – Ensino fundamental e formação profissional de no mínimo 200 horas (teoria e prática) ministrada por qualquer instituição especializada, com um ano atuando na função ou dois anos atuando na função de ajudante de cozinha ou ajudante de padeiro, com CBSP, NR-37 e T-Huet na validade. Caso a experiência na função de padeiro for superior a três anos e o mesmo não possuir formação profissional, será exigida a comprovação da capacitação no período de 12 (doze) meses após o início dos serviços.

Ajudante de Cozinha – Ensino Fundamental e curso de qualificação profissional de no mínimo 200 horas (teoria e prática) realizado em instituição especializada e que tenha pelo menos seis meses atuando na função de ajudante de cozinha ou um ano atuando na função de garçom. Necessita estar com o CBSP, a NR-37 e T-Huet em dia. Caso a experiência na função de ajudante de cozinha for superior a três anos e o mesmo não possuir formação profissional, será exigida a comprovação da capacitação no período de 12 (doze) meses após o início dos serviços.

Saloneiro – É desejável o Ensino Fundamental e curso de qualificação profissional de no mínimo 64 horas realizado em instituição especializada, com seis meses atuando na função de garçom ou um ano atuando na função de camareiro de embarcação. É necessário o CBSP e a NR-37, T-Hue, CPSO e BOMBAV/MCIA.

Caso a experiência na função de garçom for superior a três anos e o mesmo não possuir formação profissional, será exigida a comprovação da capacitação no período de 12 (doze) meses após o início dos serviços. É necessário que estejam com os cursos T-Huet e BOMBAV/MCIA.

Taifeiro – É desejável que os interessados tenham escolaridade de pelo menos o Ensino Fundamental e Curso de qualificação profissional de no mínimo 64 horas, realizado em instituição especializada. Mínimo de seis meses atuando na função de camareiro ou serviços gerais ou declaração emitida pela contratada, contendo relatório das atividades executadas durante treinamento de, no mínimo, 40 horas de prática da função de camareiro de embarcação. CBSP, NR-37, NR-32, T-Huet , CPSO e BOMBAV/MCIA em dia.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *