Cinco animais silvestres adultos são resgatados em Campos

Compartilhe...

Cinco animais silvestres adultos foram regatados em Campos de sábado (07) até esta segunda-feira (09) pelo Grupamento Ambiental (GAM), da Guarda Civil Municipal (GCM). Entre os animais, capturados em diferentes regiões do município, estavam duas cobras jiboias; dois gambás fêmeas com filhotes; e um lagarto Teiú. Os animais resgatados são soltos em Áreas de Preservação Ambiental (APAs).

O primeiro animal resgatado, nestes últimos três dias foi uma cobra jiboia no sábado (07), no Parque Alphaville III. No domingo (08), foram encontrados uma fêmea de gambá e dois filhotes na bolsa marsupial, encontrado no capô de um veículo. Também no domingo, foi resgatado o lagarto Teiú, macho de 1,20m com, aproximadamente, 6kg, nas dependências de uma residência no Parque Guarus. 

A outra cobra jiboia foi resgatada nesta segunda-feira (09) no Colégio Agrícola Antônio Sarlo. A cobra mede 1,10m e estava em um depósito, onde são armazenados insumos e produtos para granja. O animal estava sobre um palete, onde estavam sacas de palha. Também foi resgatado nesta segunda outra fêmea de gambá com filhotes, que estavam no motor de um veículo na Secretaria de Meio Ambiente. 

Nas Redes Sociais, a seguidora da GCM Renata Gonçalves elogiou o trabalho do GAM. “A coisa quando funciona merece agradecimento. Precisei da Guarda Ambiental para retirar animais do capô do carro da minha mãe. Atendimento nota 1000. Pessoas educadas, eficientes, eficazes e comprometidas com o serviço público. Lembrando: hoje é domingo”, postou Renata.

O GAM resgata animais silvestres em condições normais de saúde em todo o município e, imediatamente, são devolvidos para a natureza, respeitando o equilíbrio ambiental. A orientação é, sempre que identificarem qualquer animal silvestre, as pessoas devem isolar a área onde está o animal e acionar o Grupamento Ambiental, por meio dos telefones 153, (22) 98175-0785.

O gambá é campeão de resgate pelo GAM e está cada dia mais comum encontra-lo na área urbana. Fato importante é que os gambás comem insetos e também aracnídeos, como escorpiões, o que contribui bastante para o controle de pragas, além de disseminar sementes de frutas após o consumo.  Em segundo lugar, em maior número de resgate, estão as cobras.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *