Campista é bicampeã Brasileira de Judô e campeã Pan-Americana 

Compartilhe...

A campista Karine Azeredo é a bicampeã Brasileira Regional Sudeste de Judô, organizada pela Liga Nacional de Judô (LNJ) e campeã do Pan-Americano de Judô, organizado pela LNJ e pela União Panamericana de Judô. O também campista Antônio Cláudio Vianna Neto, 11 anos, garantiu o segundo lugar em suas duas participações da categoria sub-13. As competições aconteceram no último sábado, em Lavras, Minas Gerais. 

Foram duas competições simultâneas, sendo uma nacional e outra internacional. Os dois atletas representam a Equipe Mamute Judô, que é composta por atletas da Vianna Fitness e da Organização Não Governamental (ONG) Bem Faz Bem, situada em Goitacazes, na Baixada Campista. 

O coordenador de Judô, Sensei (professor) Responsável e idealizador do Projeto Judô do Bem, vinculado à ONG, Flávio Campos Vianna, fala sobre a importância de Karine, que também é instrutora da Bem Faz Bem e atua no desenvolvimento do projeto Judô. “Ela é cria do projeto, está com a gente desde o início quando começou como aluna, e ainda será a primeira faixa preta formada no Projeto”, explicou orgulhoso o professor. 

Flávio, que é também Diretor e Técnico Regional da Seleção Estadual da Confederada do Rio de Janeiro, conta ainda sobre a emoção com o andamento do projeto e o quanto é importante trabalhar o esporte com a juventude. “Me faltam palavras para dizer o quanto sou feliz em ver o projeto funcionando, o desenvolvimento das crianças e jovens, de estar ao lado deles nas vitórias e nas derrotas. Vivemos e crescemos juntos com tantas experiências boas. Eles me deixam orgulhoso. Somos uma equipe única e não pode ser diferente, porque isso é o Judô. Karine no projeto é o meu maior orgulho, não pelas inúmeras vitórias, mas por ter sido aquela que abraçou o Judô e a Judô do Bem. E vai ser ela quem seguirá o projeto quando eu não puder mais. Karine é uma filha que o Judô do Bem me deu”, sinalizou o coordenador. 

Karine Azeredo com a medalha de campeã do Pan-Americano

As participações dos atletas nas duas competições só foram possíveis porque o Pan-Americano foi apenas para duas categorias, Sênior e Sub-13. Além disso, foram divididas com o Brasileiro no turno da manhã e o Pan no turno da tarde. 

Para a bicampeã brasileira, Karine Azeredo, o esporte é uma necessidade básica na vida das crianças, adolescentes e adultos principalmente no que se refere a questão da vivência. Para ela “as atividades esportivas são essenciais na qualidade de vida das pessoas”. 

Sobre as competições, Karine ressaltou a gratidão pelo seu professor. “Participar dessas competições só foi possível porque o meu Sensei correu atrás de recursos para me levar e levar o seu sobrinho Antônio Vianna para a competição. Eu só posso agradecer a ele e a todos que ajudaram. Foi uma experiência muito grande, muito difícil e muito boa. Foi a minha primeira experiência de competição fora do Estado do Rio e o primeiro campeonato Pan-Americano que participei. Mesmo com todas as dificuldades para conseguir participar da competição, sem patrocínio e sem apoio dos órgãos públicos, foi uma experiência única e de muito aprendizado. Estou muito feliz pelo Bi Campeonato Brasileiro Regional e pelo título Pan”, completou Karine. 

Os competidores foram selecionados pela Comissão Técnica Estadual, diante dos resultados nas competições de 2022 e no início de 2023. Vale citar que tanto Karine quanto Antônio Cláudio foram destaques no último ano em suas categorias. 

Antônio Cláudio com o tio e professor Flávio Vianna

Ainda de acordo com Flávio Vianna os apoios foram de total importância para as participações dos competidores de Campos. “Tivemos apoio de três pais da Vianna Fitness, de colaboradores da Bem Faz Bem, do Vereador Rogério Matoso e mais da metade do nosso custo e o que viabilizou nossa participação foi o patrocínio de Thiago Castro, sócio da ponstrusan”, contou, acrescentando ainda que “é preciso sinalizar que se mais empresários tivessem esse olhar para o esporte e para nossos jovens teríamos um Brasil diferente”, analisou.

Por Tatiana Rangel

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *