Análise do BTG Pactual classifica desempenho trimestral do Nubank como excepcional

Compartilhe...

O Nubank surpreendeu o BTG Pactual com resultados expressivos no terceiro trimestre de 2023, registrando um lucro líquido de US$ 303 milhões. Esse valor é 39 vezes maior do que o do mesmo período do ano anterior e representa um aumento de 35% em relação ao trimestre anterior. Apesar disso, o BTG esperava um lucro líquido ligeiramente superior, na ordem de US$ 312 milhões para o período.

Apesar das expectativas não completamente atendidas, analistas ressaltam que, considerando a recente queda nas ações após a divulgação do balanço na terça-feira, 14, o desempenho superior do Nubank em relação à maioria das projeções provavelmente já estava sendo precificado pelo mercado.

O neobanco encerrou o trimestre com 89 milhões de clientes, representando um aumento anual de 26,6% e um crescimento trimestral de 6,5%, um pouco acima do que era esperado pelo BTG. Além disso, o portfólio de crédito aumentou 59% em comparação com o mesmo período do ano passado e 4% em relação ao segundo trimestre.

Os rendimentos com juros atingiram US$ 1,73 bilhão, superando em 2% as expectativas do BTG Pactual, impulsionados principalmente pela sólida margem de juros líquida, conforme apontaram os analistas Eduardo Rosman, Ricardo Nuchpiguel e Thiago Paura.

Além disso, o BTG destacou o desempenho impressionante da subsidiária brasileira, que registrou um lucro líquido de aproximadamente US$ 100 milhões apenas em outubro.

Apesar da performance positiva, a recomendação para as ações permanece neutra, e o preço-alvo estipulado é de US$ 9,50, indicando um potencial de valorização de 16,2% em relação ao fechamento anterior, que foi em torno de US$ 8,06, com as ações apresentando um recuo de 1,35% durante esta tarde em Nova York.

Águas do Paraíba dívida zero com até 65 de desconto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *