Torcedores são condenados por racismo contra Vini Jr. na Espanha

Compartilhe...

Três torcedores do Valencia foram condenados a oito meses de prisão na Espanha por atos racistas contra Vinicius Jr. Além da pena de prisão, os torcedores também foram proibidos de frequentar estádios de futebol.

A sentença histórica, anunciada pela La Liga, inclui ainda uma multa a ser paga pelos condenados. Os insultos racistas foram dirigidos a Vinicius Jr. no dia 21 de maio de 2023, no estádio Mestalla, em Valência.

“Esta decisão é uma ótima notícia na luta contra o racismo na Espanha, pois repara o mal sofrido por Vinicius Jr. e envia uma mensagem clara às pessoas que vão a um estádio de futebol para proferir abusos,” afirmou Javier Tebas, presidente da La Liga.

Condenação Histórica

Esta é a primeira vez na história da La Liga que uma sentença por racismo é aplicada. A instituição, que vinha sendo criticada por não tomar medidas suficientes para evitar insultos nos estádios, agora demonstra uma postura mais firme.

Originalmente, a pena era de 12 meses de prisão, mas foi reduzida para oito meses após um acordo durante a fase de investigação preliminar.

Além da prisão, os torcedores estão proibidos de assistir a jogos da Seleção Espanhola e a partidas oficiais da La Liga.

Durante a audiência, os três condenados leram uma carta de desculpas dirigida a Vinicius Jr., à La Liga e ao Real Madrid, reconhecendo seus atos e expressando arrependimento.


Aguas do Paraiba - Pague com PIX 800x250

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *