Petroleiros relatam casos de intoxicação alimentar e ausência de banheiros na Bacia de Campos

Compartilhe...

O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), divulgou na tarde de ontem quarta-feira (8), a informação de que pelo menos 16 trabalhadores foram desembarcados da plataforma P-25, na Bacia de Campos, por conta da falta de banheiros disponíveis em um dos pisos. A medida foi tomada foi tomada pela Petrobras, responsável pela operação na unidade, após denúncias feitas por funcionários.

Um vídeo publicado em uma rede social, um colaborador mostra apenas um banheiro em funcionamento, para atender a mais de 20 camarotes. A gerência da Petrobras informou ao Sindipetro-NF que houve um problema de entupimento do sistema de vácuo e que os banheiros serão reformados.

Na mesma semana, o Sindipetro-NF recebeu a denúncia de que um surto de intoxicação alimentar afetou mais de 30 trabalhadores. A situação foi exposta pelo sindicato no último dia 2. Ainda segundo órgão, uma enfermeira precisou desembarcar da plataforma por exaustão, devido ao aumento da demanda por atendimento de saúde dos trabalhadores.

Os relatos dão conta de carne estragada servida no lanche da noite e ovos estragados no café da manhã. falhas nos equipamentos de refrigeração, com containers de resfriamento sem funcionamento adequado, faltas de embalagens para frutas e de papel toalha nas áreas de refeição, camarotes sujos, moscas nas áreas de alimentação, além de pratos e talheres retornando sujos para reutilização.

O sindicato declarou ainda que formalizou uma denúncia, cobrando medidas urgentes à Petrobras, como a marcação de reunião urgente para discussão e implementação de ações imediatas e efetivas, visando a adequação da qualidade da alimentação a bordo e demais bases da empresa.

Aguas do Paraiba - Pague com PIX 800x250

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *