Governo do Estado investe em tecnologia para combater quadrilha de roubo de cargas

Compartilhe...

A integração tecnológica entre o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e o sistema de monitoramento de caminhões do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas do Rio de Janeiro (Sindicarga) foi uma das medidas acordadas nesta terça-feira (25/4) durante reunião entre representantes das polícias Civil e Militar e do Sindicarga, no CICC, na capital fluminense, para combater o roubo de cargas no estado. 

– Esse é um setor muito importante para a economia do nosso estado. E a tecnologia é uma grande aliada no trabalho das forças de segurança para garantir que motoristas e suas cargas cheguem em segurança ao seu destino final –  ressaltou o governador Cláudio Castro.

Na reunião, o secretário de Polícia Civil, Fernando Albuquerque, disse que a área de tecnologia da instituição está desenvolvendo um aplicativo para rastrear as cargas desde a origem até sua chegada. Em caso de abordagem, o motorista poderá tocar em um botão de emergência, que acionará eletronicamente o socorro policial. 

O secretário de Polícia Militar, Luiz Henrique Pires, apresentou um estudo que define locais que possam ser utilizados como espaços concentradores de caminhões para que haja um deslocamento programado da carga, numa espécie de comboio acompanhado por viaturas da PM. O estudo também prevê o aluguel de aeronaves preparadas com monitoramento e que sejam dedicadas ao trabalho de combate ao roubo de cargas nas principais vias expressas e rodovias.

O secretário de Estado de Governo, Bernardo Rossi, também participou do encontro.

Aguas do Paraiba - Pague com PIX 800x250

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *