Conheça os procedimentos menos invasivos para eliminar a gordura localizada

Compartilhe...

Quando observamos rapidamente o reflexo no espelho, é comum notar os locais do corpo onde a gordura adicional tende a se acumular, muitas vezes influenciada por fatores genéticos, hormonais e estilo de vida. Essas ‘dobrinhas’ extras podem ter um impacto negativo na autoestima.

À medida que o verão se aproxima, a busca por resultados rápidos para se sentir mais à vontade na praia ou na piscina aumenta. No entanto, os médicos enfatizam a necessidade de uma abordagem consistente ao longo do ano, incorporando uma alimentação equilibrada e exercícios físicos.

Para combater efetivamente o acúmulo de gordura, diversos tratamentos foram desenvolvidos como aliados nessa luta. Esses métodos visam à apoptose celular, ou seja, à eliminação das células de gordura, seja por meio de calor, frio ou ação química.

A Dra. Giseli Petrone, dermatologista e especialista em cosmiatria, afirma que, além da dieta e do exercício, existem tratamentos específicos disponíveis. Dentre eles:

Criolipólise

Esta tecnologia utiliza resfriamento controlado para atacar seletivamente as células de gordura, promovendo sua eliminação sem danificar os tecidos circundantes. É indicada para redução de volume em áreas como abdômen, flancos, parte interna das coxas, costas e papada, proporcionando uma diminuição estimada de 25% da gordura em uma única sessão de cerca de 35 minutos. O procedimento não invasivo permite o retorno às atividades normais imediatamente, com resultados visíveis após três meses.

Contraindicações incluem gestação, hérnia no local e condições relacionadas ao frio, como urticária ao frio e crioglobulinemia.

O cirurgião plástico Dr. Murillo Fraga do Hospital Israelita Albert Einstein destaca sua eficácia.

Radiofrequência

Este método utiliza correntes de alta frequência para aquecer a derme, romper células de gordura e estimular a produção de colágeno. Indicado para rugas, flacidez, celulite e gordura localizada, as sessões podem variar de três a 10, dependendo da área a ser tratada. Os efeitos colaterais incluem vermelhidão e inchaço temporários, sendo contraindicado em casos de febre, hipertensão arterial grave e hipersensibilidade local.

Ultrassom

O procedimento utiliza ondas de baixa frequência para criar calor, quebrando as células de gordura e estimulando a produção de colágeno. Recomendado para combater celulite e flacidez, geralmente envolve entre cinco a 10 sessões de 30 a 50 minutos cada. Não é recomendado para áreas com feridas abertas.

Produtos Injetáveis

Os ‘emptiers’, esvaziadores de gordura, como a lipo enzimática, são injetados no local desejado, atuando na redução localizada de gordura. São indicados para melhorar o contorno em áreas como papada, jowls, axilas, contorno do sutiã, flancos, abdômen e pequenas áreas corporais. As sessões mensais variam conforme a necessidade de cada paciente, permitindo retorno imediato às atividades cotidianas.

Contraindicações incluem grandes volumes de gordura, flacidez excessiva, infecções e condições propensas à formação de cicatrizes hipertróficas ou queloides, além de gestação ou lactação.

Aguas do Paraiba - Pague com PIX 800x250

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *